Skip to main navigation Skip to content

Os prémios Longines World Racing Awards distinguem os melhores dos melhores em 2020

Award

01/26/2021

A 26 de janeiro, os fãs das corridas de cavalos de todo o mundo foram convidados a assistir à cerimónia dos Longines World Racing Awards, realizada pela primeira vez inteiramente online. Coorganizada pela marca relojoeira suíça Longines e pela Federação Internacional das Autoridades Equestres (IFHA), esta oitava edição homenageou os melhores puros-sangues de corrida, a melhor corrida de cavalos e o melhor jóquei do ano anterior.

 

Apresentada por Francesca Cumani no National Horse Racing Museum em Newmarket, Inglaterra, a cerimónia atribuiu o título de Melhor Cavalo de Corrida Longines 2020 a Ghaiyyath (Irlanda), enquanto Authentic (EUA) conquistou o segundo lugar.

 

Ghaiyyath arrecadou a sua classificação de 130 na Juddmonte International Stakes (G1), a qual foi também considerada a Melhor Corrida de Cavalos Longines 2020. O cavalo irlandês iniciou a sua temporada no Dubai, dominando a Dubai Millennium Stakes Sponsored by Jaguar (G3) em Meydan. O cavalo, com então 5 anos de idade, terminou a corrida de 2000 metros em 2:00:33, estabelecendo assim um novo recorde. Após a sua vitória no Dubai, o campeão regressou à Europa para ganhar a Hurworth Bloodstock Coronation Cup Stakes (G1) na sua próxima largada e derrotou Enable, com o qual partilha o título de Melhor Cavalo de Corrida Longines 2019, no Coral-Eclipse (G1).

O segundo cavalo mais bem classificado do mundo em 2020, Authentic, obteve a sua classificação na Longines Breeders’ Cup Classic (G1), estabelecendo um novo recorde ao completar a corrida de 1 ¼ milhas em 1:59.60. A pontuação de Authentic faz dele o cavalo em pista de terra mais bem classificado do mundo em 2020, bem como o melhor cavalo de 3 anos. O cavalo americano foi também o primeiro cavalo, desde o American Pharoah enquanto Melhor Cavalo de Corrida do Mundo Longines 2015, a vencer o Kentucky Derby e o Classic no mesmo ano.

A classificação Longines World’s Best Racehorse Rankings é estabelecida por handicappers internacionais, com base no desempenho dos cavalos nas corridas de maior prestígio. Na edição anterior, Crystal Ocean (Grã-Bretanha), Enable (Grã-Bretanha) e Waldgeist (França) foram os vencedores ex-aequo do título Longines World’s Best Racehorse 2019.

 

Os Longines World Racing Awards 2020 também celebraram a vitória de Frankie Dettori enquanto Melhor Jóquei do Mundo Longines do ano. Dettori é o único tetracampeão do título, estabelecido em 2014, e conquistou-o agora três vezes consecutivas. A atribuição do título Longines World’s Best Jockey baseia-se nos desempenhos nas 100 corridas mais bem classificadas do Grupo 1 e Grau 1, tal como estabelecido para esse ano pelo Comité de Classificação do Longines World’s Best Racehorse.

 

Além disso, a Longines e a IFHA tiveram o prazer de celebrar a vitória da Juddmonte International Stakes (G1), realizada no hipódromo de York, em Inglaterra, como a Longines World's Best Horse Race 2020 com uma classificação de 125,25 pontos. O prémio Longines World’s Best Horse Race premeia a prova com a melhor pontuação entre as corridas internacionais do Grupo 1, segundo o estabelecido por um comité de handicappers internacionais. A classificação dos quatro finalistas de cada corrida serve de referência para a avaliação.
Esta é a primeira vez que uma corrida inglesa ganha o título. O Qatar Prix de l’Arc de Triomphe (G1) de França ganhou o prémio em 2015, 2017, 2018 e 2019, enquanto a America’s Breeders’ Cup Classic (G1) venceu em 2016.

 

Para assistir novamente à cerimónia dos Longines World Racing Awards de 2020, clique aqui.

The Longines World Racing Awards; o melhor dos melhores; 2020

Calendário